Posts Tagged ‘PED

26
out
09

Godofredo Pinto

GodofredoGodofredo Pinto, ex-Prefeito de Niterói foi entrevistado por Beatriz Grabois para o Politicando nessa última sexta-feira (dia 23 de outubro).

Professor de Matemática, com Mestrado em Lógica Matemática pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Godofredo Pinto é professor aposentado da UFF e professor efetivo da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Foi fundador, em 1977, da Sociedade Estadual dos Professores (SEP),depois denominada Centro Estadual dos Professores (CEP) e hoje, denominada Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE). Foi o primeiro Presidente eleito do CEP (1979) e foi reeleito duas vezes (até 1984).  Godofredo Pinto também foi Vice Presidente da Confederação dos Professores do Brasil (CPB) de 1985 a 1987, que atualmente, é denominada Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação.

Sua carreira política começa em 1980:Godofredo

– Fundador, em 1980, do Partido dos Trabalhadores; membro da Comissão Nacional Provisória do PT;

– Desfiliação do PT em 1981 e filiou-se ao PMDB/RJ, então presidido pelo Senador Saturnino Braga;

– Deputado Estadual (3 mandatos): de 1983 a 1986 pelo PMDB; de 1987 a 1990 pelo PSB; de 1991 a 1994 pelo PT;

– Líder do PT na ALERJ em 1991

Bismarck, Beatriz e Godofredo– Presidente do PT/RJ em 1996-1997

– Vice Prefeito de Niterói em 2001-2002

– Prefeito de Niterói em 2002-2008ESTRELA

“Bismarck representa um novo período no PT-RJ, pois queremos um PT altivo e com democracia interna”

 

 

 

Anúncios
26
out
09

Rodrigo Neves

Formado em Ciências Sociais pela UFF, Rodrigo Neves é atualmente o líder Rodrigo do PT na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. Aos 33 anos, casado e pai de três filhos, foi o deputado estadual em primeiro mandato mais votado do PT no Estado.

Foi líder estudantil no início da década de 90 e do movimento dos “cara-pintadas” pela ética na política e pelo “Fora Collor” e atuou na Pastoral da Igreja Católica em comunidades empobrecidas. Presidiu o PT em Niterói, além de ter sido dirigente estadual e nacional do PT.

Vereador por dois mandatos e reeleito o mais votado de Niterói, sempre teve atuação destacada nas lutas sociais e no Parlamento. Como candidato a prefeito nessa cidade, obteve a expressiva votação de 61.666 votos na última eleição municipal (2008).Rodrigo

Como presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional e da Comissão Especial de Acompanhamento das obras do PAC na Alerj, tem defendido a implantação de projetos estruturantes e estratégicos para o Rio, como o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj) e o Arco Metropolitano.

Rodrigo Neves também tem atuação destacada na luta pelo desenvolvimento da indústria naval no Estado do Rio, sendo representante da Alerj na coordenação da Frente Fluminense em Defesa Rodrigoda Indústria Naval.

O parlamentar é autor das leis que criaram o Plano Diretor para a Região Metropolitana e o Conselho Estadual das Cidades. Dedicou-se nos últimos anos ao estudo e debate dos problemas da fusão do estado e do desenvolvimento do Rio de Janeiro. Em seu mandato como deputado, tem defendido propostas e iniciativas para reconstrução do Estado do Rio de Janeiro, pela garantia do desenvolvimento com Rodrigoinclusão social e cidadania para todos. Política urbana e de habitação, indústria naval, desenvolvimento regional, juventude, qualificação profissional, gestão pública e a defesa das políticas sociais são algumas das prioridades do mandato popular do deputado Rodrigo Neves.

ESTRELA

“Bismarck tem tradição de luta, sempre defendeu o PT do interior e da capital e levará o PT à renovação e ao crescimento”.

 

 

 

26
out
09

Marcelo Dias

Marcelo Dias Marcelo Dias nasceu no Hospital Getulio Vargas na Penha e morou durante 29 anos na favela da Vila Cruzeiro, onde foi secretário da Associação de Moradores.

Em 1977, entrou no Movimento Negro na esteira das lutas contra o Apartheid na África do Sul e pela libertação de Mandela e seus companheiros.

Milita no Movimento Negro Unificado onde foi da direção nacional.

Em 1982, Marcelo Dias ingressa na Companhia do Metropolitano (METRÔ) e durante seis anos foi da direção executiva do sindicato da categoria (SIMERJ)Marcelo Dias

Marcelo Dias também foi vice-presidente da CUT-RJ em 1989.

Em 1990, foi eleito Deputado Estadual pelo PT e reeleito em 1994.

Em 2002, Marcelo foi indicado pela então governadora Benedita da Silva para presidir o METRÔ e inaugurou a estação Siqueira Campos, em Copacabana.

Marcelo Dias Hoje, Marcelo Dias atua na OAB-RJ, ajudando a construir um projeto de luta pela igualdade racial da OAB e pela criação de uma comissão permanente de promoção da igualdade racial da OAB-RJ.ESTRELA

“Com Bismarck no comando do PT do Rio, tenho a convicção de que voltaremos a sonhar e seremos novamente um Partido dos TRABALHADORES.”

 

 

26
out
09

Ianê Germano

IaneDurante a tarde, uma das entrevistadas por Beatriz Grabois, para o Politicando foi Ianê Germano, líder do Movimento Negro no PT.

Meu nome é  Ianê Germano de Andrade, casada há 34 anos e mãe de dois filhos e tenho um netinho lindo de quatro aninhos.

Sou oriunda de Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de janeiro, filha de família muito simples. Minha militância começou  no final da década de 80, quando fui morar no morro da Babilônia, na Zona Sul do Rio. Lá comecei a me preocupar com a comunidade quando fui convidada a fazer parte da Associação de Moradores e comecei assim no movimento comunitário.

Minha preocupação em levar políticas públicas para os jovens da comunidade era tamanha que fui convidada para fIanêazer parte da diretoria da AMALEME como diretora comunitária. Fui a primeira moradora da comunidade a ter assento nesta associação que até hoje é muito conceituada. Na época tinha um jornal com uma tiragem de cinqüenta mil exemplares mensal e eu estava lá. Daí para ser convidada para me filiar ao PT foi um pulo. Como praticamente toda a diretoria era de direita (PSDB e PFL), o grupo da época da 4º zonal, preocupado que eu me filiasse a um deste partidos, me convidou para o PT e eu prontamente aceitei. A partir desse momento, as coisas fluíram com mas rapidez e assim passei do movimento comunitário para o movimento negro.

Fui Secretária de Combate ao Racismo por quase dois mandatos, fui do Coletivo Nacional onde fiz parte da comissão que elaborou o caderno Um Brasil sem racismo para a campanha de LULA em 2000 que resultou na Ianêcriação da SEPPIR.ESTRELA

“Quando foi que um candidato à presidência regional teve tanto diálogo com a base? Sinto que é só o início do muito que vem por aí para a massa do PT/RJ.

Por esse motivo VOTO e peço VOTOS para Bismarck, porque a mudança é agora!”

26
out
09

Chumbinho

Disposição e seriedade. Esse é o lema do vereador aldeense Chumbinho, Chumbinhoque saiu do interior do município e conquistou a confiança de 1.188 cidadãos de São Pedro da Aldeia nas eleições de 2004.

Aos 34 anos, Chumbinho nasceu e foi criado no interior de São Pedro da Aldeia. Até os 10 anos de idade morou na Zona Rural com sua mãe e sete irmãos.

Para poder estudar foi morar na cidade, em casa de parentes e amigos. Enquanto estudava tinha que trabalhar: vendia salgadinhos, camarão e picolé nas praias e no campo do Cruzeiro, no Capão Redondo.

Com a venda de picolé e salgadinhos foi economizando para poder comprar sua primeira bicicleta. Chumbinho trabalhou na feira, foi mascate, estoquista, ajudante de padaria e depois garçom.

Aos dezesseis anos juntou as gorjetas que ganhava como garçom e deu entrada no seu primeiro carro: um fuscão branco, usado.

Seu primeiro emprego com carteira asinada foi de “office boy” na Distribuidora Antártica, onde trabalhou por 10 anos. De contínuo, Chumbinho virou digitador, operador, até chegar a Gerente de Informática.Chumbinho

O início na política

Incentivado por parentes e amigos, Chumbinho concorreu pela primeira vez a um cargo público nas eleições municipais de 2000. A experiência lhe rendeu 271 votos.

Em 2001, foi convidado pelo Prefeito Paulo Lobo para gerenciar a Central de Processamento de Dados da Prefeitura. Técnico em Informática, Chumbinho se orgulha do trabalho de atualização e modernização de todo o sistema da Prefitura, facilitando a vida dos aldeenses.

Quatro anos mais tarde, a tão sonhada vitória surpreendeu: os 1.188 votos deram ao vereador Chumbinho a segunda maior votação da história das eleições municipais da cidade. “Foi uma campanha Chumbinho difícil, mas acreditei e lutei por cada voto”, revela.

Casado e pais de três filhos, Chumbinho cursou até o 3° período da faculdade de Educação Física e vem buscando incentivos para fomentar a atividade esportiva no município.

ESTRELA

26
out
09

Chico D’angelo

Formado pela Faculdade de Medicina de Campos (Rio de Janeiro), o Chicodeputado Chico D’Angelo começou sua trajetória política dividindo seu tempo entre a profissão de médico e a atuação junto a sindicatos e entidades de classe em Niterói e o Rio de Janeiro.

Seu currículo em medicina registra 15 anos de trabalho na Santa Casa do Rio de Janeiro, onde foi presidente da Associação de Médicos Residentes. Aprovado em concurso do Ministério da Saúde em 1984, trabalhou nos hospitais do Andaraí e Ipanema, ambos no Rio de Janeiro, e no Hospital Santa Cruz, em Niterói (RJ).

Em paralelo à sua atuação profissional, Chico D´Angelo tornou-se uma liderança da classe médica. Filiado ao PT desde 1993, é um dos militantes mais destacados na área da saúde do Estado do Rio de Janeiro. Durante três mandatos foi diretor do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro e Chico D'angelosecretário-geral em um quarto mandato. Em Niterói foi diretor do Conselho Regional de Medicina e da Federação Nacional dos Médicos.

No período de 2002 a 2006 Chico D’Angelo aplicou sua experiência em medicina para atuar na saúde pública de Niterói como secretário municipal de Saúde e presidente da Fundação Municipal de Saúde. Sua gestão já é considerada uma das mais bem-sucedidas da história da cidade.

Durante esse período, integrou a Diretoria do Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Chico D'angeloSaúde, órgão que representa todas as Secretarias Municipais de Saúde do Brasil. Organizou e presidiu a IV Conferência Municipal de Saúde de Niterói, e ampliou o Programa Médico de Família. No Congresso Nacional buscará utilizar sua experiência como sindicalista, médico e gestor na apresentação de propostas que se convertam em melhorias para a população.ESTRELA

Por que Chico D’angelo apóia Bismarck Alcântara para a presidência do PT – Rio de Janeiro?

“Apóio Bismarck pela sua trajetória política no PT e nas lutas sociais. Precisamos colocar o PT em um novo rumo e por isso, Bismarck Presidente.”

26
out
09

Jorge Dantas

A quinta entrevista da última sexta feira foi o Vereador Jorge Dantas, do Dantas município de Japeri (Rio de Janeiro).

Jorge Dantas iniciou sua trajetória nas comunidades eclesiásticas de base da Igreja Católica e durante sua juventude atuou como presidente de grêmios estudantis.

Presidiu o Partido dos Trabalhadores de Japeri e foi o vereador mais votado do PT  e o terceiro no município. Foi o primeiro parlamentar Portuário do estado do Rio de Janeiro e o único com mandato eletivo do Brasil.

Dantas também foi membro da Direção do Sindicato dos Portuários do Rio de Janeiro;Dantas

Presidente da Associação dos Guardas Portuários do estado do Rio de Janeiro;

Presidente da Associação Nacional dos Guardas Portuários Federais;

Líder da Bancada de Esquerda na Câmara; e Presidente da Comissão de Obras e Transporte da Câmara Municipal de Japeri.

Dantas O vereador Jorge Dantas possui um blog com o qual se relaciona com os moradores de Japeri, buscando uma total interação com seus eleitores.ESTRELA




dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

CENAS DIÁRIAS